• Até 7 dias para devolver a compra
  • Em até 12x sem juros no cartão
Blog

Ação Copos.ind X Degustar

Publicado em 30.07.2020 | comentários
35 visualizações

Ação Copos.ind X Degustar
A Copos.ind tem a preocupação com o bem estar de todos como sociedade. Uma forma que desenvolvemos para ajudar outras entidades, sendo que a Copos passa a apoiar o Projeto Degustar.

Apresentação Projeto:

Nada no mundo é mais gratificante que poder ajudar alguém! O Evento Degustar é o maior exemplo disso: poder reunir milhares de estrelas da gastronomia e decoração em prol de tantos menos favorecidos é uma grande benção.
O Evento em si gera recursos financeiros às entidades, oportunidades de novos negócios e doações. Entretanto, o mais importante é aumentar a consciência humana e abrir as portas para a solidariedade.
A Associação Peter Pan, em Fortaleza, foi uma das beneficiadas do evento. Em 2014 a JMacedo foi patrocinadora do Degustar e pode ver de perto a necessidade da instituição, o que os levou a implantar uma padaria na Associação.
Outro marco em 2010, quando grandes chefs de cozinha, parceiros do nosso Evento se uniram para dar aulas e palestras no Projeto Quixote. Tudo isso para que ex-usuários de crack aprendessem um novo ofício.
Em 2016, depois de 15 anos abraçando a causa, decidi que precisava gerar mais recursos. Então nasceu o livro Evento Degustar que reuni a história do Hospital de Amor – que tanto me inspira e as mesas maravilhosas que tivemos em nossa trajetória.
A necessidade não para e novas ações devem ser feitas. Agora, após 17 edições, daremos um passo importante, alçaremos voo para licenciar a marca Degustar e por maior que seja o desafio, sei que será um sucesso. Afinal não há fronteiras para a solidariedade.

A Copos.ind junto com a Degustar desenvolveu uma linha de produtos em prol dessa causa. Serão destinados 50% lucros obtidos com a venda desses produtos serão doados ao Hospital de Amor (atual nome do Hospital de Câncer de Barretos).

Segue apresentação do Hospital:

Sobre o Hospital de Amor: Excelência em oncologia, o Hospital de Amor (atual nome do Hospital de Câncer de Barretos) fechou o ano de 2019 com 1.047.440 atendimentos realizados a 224.883 pacientes vindos de 2.335 municípios de todos os estados do país – um recorde de cobertura. Foram realizadas 24.351 internações, 252.258 quimioterapias, 9.500 refeições servidas por dia, 100% de forma gratuita.

O déficit operacional é de R$ 24,5 milhões/mês (dado este de 2018, pois a publicação do balanço oficial de 2019 será feita em 01/05/2020). A entidade reúne 380 médicos e mais de 3.800 funcionários, em todas as suas unidades espalhadas pelo Brasil. Em 2018 o hospital assumiu a liderança do ranking da Scimago Institutions Rankings (SIR), entre todos os centros de saúde do Brasil e da América Latina.

O levantamento é uma ferramenta de reconhecimento internacional, que avalia a qualidade de instituições (públicas ou privadas) em todo o mundo, considerando os critérios: pesquisa, inovação e impacto social. A instituição é historicamente reconhecida. Foi escolhida, em 2000, pelo Ministério da Saúde, como o melhor hospital público do país.

Desde 2011 é considerada “instituição irmã” do MD Anderson Cancer Center, o maior centro de tratamento e pesquisa de câncer do mundo. Já com o Saint Jude Children´s Research Hospital, o Hospital de Amor tornou-se “instituição gêmea” em 2012. A última conquista ligada ao St. Jude aconteceu em 2019, quando Barretos foi escolhida como a instituição brasileira para expandir o programa de aliança global do hospital americano, que capacita médicos, enfermeiros e outros profissionais da equipe multidisciplinar, tanto do Brasil quanto da América Latina.

Dar as mesmas chances de cura de todas as crianças do mundo é o objetivo deste programa global. Unidades HA pelo país: Em funcionamento: Hospitais (tratamento de câncer): Barretos (SP), Jales (SP), Porto Velho (RO). Institutos de Prevenção: Barretos (SP), Fernandópolis (SP), Campinas (SP), Porto Velho (RO), Ji-Paraná (RO), Campo Grande (MS), Nova Andradina (MS), Dourados (SP), Macapá (AP), Rio Branco (AC), Lagarto (SE), Juazeiro (BA), Irecê (BA), Guanambi (BA), Jequié (BA), Teixeira de Freitas (BA) e Salvador (BA). Institutos de Reabilitação: Barretos (SP) e Araguaína (TO). Projetos em andamento: Hospitais: Palmas (TO) e Lagarto (SE) Instituto de Reabilitação: Ji-Paraná (RO) Institutos de Prevenção: Sinop (MT), Manaus (AM), Cruzeiro do Sul (AC), Arapiraca (AL), Palmas (TO), Araguaína (TO) e Boa Vista (RR).

Mudança de nome O nome antigo não expressava com exatidão a filosofia da instituição, que sempre foi pautada pela humanização e dedicação aos seus pacientes. Assim, depois de alguns estudos, chegou-se a esse novo conceito, que destaca o “amor” no lugar do “câncer”. Além disso, o hospital já era chamado informalmente de “Hospital de Amor” por seus pacientes, profissionais e parceiros. Fato que consolidou ainda mais o reposicionamento da marca. Outro fator que foi considerado na transição está relacionado à possibilidade de identificar as várias unidades da instituição espalhadas pelo Brasil apenas com o nome da cidade ou região onde estão localizadas.

Anteriormente, uma unidade situada em Jales (SP), por exemplo, recebia a identificação de “Hospital de Câncer de Barretos – Unidade Jales”, o que gerava uma nomenclatura extensa e podia causar um equívoco quanto à localização. Com a atualização do nome, essa unidade passou a se chamar “Hospital de Amor Jales”. O mesmo se aplica a todas as outras filiais ligadas ao Hospital de Amor.

Mais informações: Site – www.hospitaldeamor.com.br

Facebook – www.facebook.com/ohospitaldeamor

Instagram – www.instagram.com/hospitaldeamor

Comentários